sexta-feira, novembro 12, 2004

Inauguração do Factory Outlet


Pois é, lá fui à inauguração do outlet do grupo Nassica, o primeiro em Portugal, depois de outros em Espanha (o de Getafe, na foto), Itália e Polónia. Gente bonita e famosa a rodos. O espaço é interessante, mas não particularmente bonito… Mas vamos por partes.
O centro é, na prática, uma longa avenida em forma de ‘L’, sempre ladeada por lojas. Algumas marcas bem conhecidas estão presentes, como a Gant, a Swatch, a Throttleman, a Nike e algumas outras. Há, ainda, lojas por estrear, é certo, mas parece-me que sem as chamadas “âncoras” vai ser complicado, porque a visita esgotar-se-á rapidamente. Os tão falados cinemas serão não apenas uma mera mais-valia, mas uma necessidade. O tempo o dirá.
Quanto à festa, era sofisticação por todo o lado. Aquela fauna que vive à custa das revistas sociais e das amizades com os relações públicas das empresas estava lá em peso: Norton de Matos, Nayma, Xana Nunes, Gio Rodrigues e mais não sei quantos. Gente da televisão, especialmente da RTP, marcou presença, desde Merche Romero (uma escolha feliz, por ter a nacionalidade espanhola) a José Carlos Malato, Jorge Gabriel e mais alguns que não sei o nome. O “chic-chunga” também esteve presente, com futebolistas e suas loiríssimas esposas e os habituais empresários novos-ricos com fatos de designer, eles, e roupa decotada e brilhante, elas.
Vilacondenses estavam muitos. A Câmara Municipal estava em peso, muito embora dos vereadores da oposição só tivesse visto Santos Cruz. O PS estava todo, desde Mário Almeida a António José Gonçalves, passando por Abel Maia, António Caetano, José Manuel Laranja, Elisa e José Luís ferraz, Lúcio Ferreira, sem esquecer vários Presidentes de Junta. O PSD estava fraquinho - apenas vi quatro pessoas: Santos Cruz, Pedro Brás Marques, Moreira da Silva e José Pedro Pinho, sem contar com o ex-Ministro Arlindo Cunha. Do CDS, CDU e BE não vi ninguém. Empresários, “do regime” e não só, estavam quase todos: José Maria Pinho, José Maia, Marcelino Santos, Alberto Lúcio, entre outros. Do desporto estava a equipa principal do Rio Ave, incluindo o treinador e o Presidente. Jornalistas, da terra, vi Céu Salazar, Márcia Vara, Álvaro Graça e João Paulo Meneses. Eram centenas de pessoas e certamente que não vi todos...
Quanto aos aperitivos, foram competentes, com um toque sofisticado. O bar era aberto e houve quem aproveitasse. Na cerimónia de inauguração, falaram o administrador local do grupo Neinver e um dos administradores espanhóis e Mário Almeida.
Uma festa bonita, para inaugurar um espaço único em Vila do Conde e, até, no Grande Porto, onde só terá concorrência do moribundo “Grijó Outlet”.
Dupont