segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Martin,


com a confiança que resulta de anos e anos de adoração por ti, ouve o que te digo: "Deixa-te de merdas. Não te armes em aviador, a passear pelo céu, como se percebesses alguma coisa disso. Se queres conduzir alguma coisa, enfia-te num submarino e mergulha nos recantos negros da alma humana, onde te orientas como ninguém. Volta ao cabo do medo, reencontra-te com os teus goodfellas, deambula por aquelas mean streets que só tu conheces. Vais ver como o Óscar te cai nas mãos. Isto se achares que a estaueta dourada serve para alguma coisa..."
Dupont