sexta-feira, maio 06, 2005

Sporting


Heróico! O Sporting fez uma belíssima carreira europeia e estes últimos desafios contra o Newcastle e o AZ Almaar foram a prova de que algo de injusto se passa no topo da Superliga nacional. Não tenho qualquer dúvida em dizer que a lagartagem é, neste momento, quem melhor futebol pratica por estas bandas. Mas, se atribuir o título de campeão nacional é um exercício de injustiça, então que o Porto seja campeão...
O feito do Sporting tem, ainda, uma outra leitura: nos últimos três anos tivemos o Porto vencedor da Taças UEFA, Champions e Intercontinental, Portugal vice-campeão europeu e o Sporting, para já, finalista da UEFA. Quantos países se podem orgulhar de semelhante feito?

Aproveito para informar que aqui os vossos amigos Dupont e Alcazar irão, quase de certeza absoluta, à final da taça UEFA, no Alvalade XXI. E nenhum de nós é sportinguista. Se conseguirmos, alcançaremos uma coisa de que nem o Mourinho se pode gabar: Sevilha, Gelsenkirchen e Lisboa - presença em três finais europeias, em três anos consecutivos. E esta, hem?
Dupont