segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Quem depressa falou...

Já aqui falámos do desentendimento do governo relativamente ao Fundo de Estabilização da Segurança Social. As Finanças disseram que, se nada se fizesse, o Fundo entraria em ruptura em 2010. O Trabalho e a Solidariedade Social veio corrigir, dizendo que o governo estava a fazer alguma coisa.
Mais de um mês depois, os factos vieram confirmar que Teixeira dos Santos estava out e que Vieira da Silva estava in. Vejam o que diz o Jornal de Negócios : afinal, a SS fechou o ano de 2005 com um "excedente orçamental" de 294.600.000 de euros, mais 400.000.000 que o previsto no orçamento.
Afinal, Sr. Ministro da Finanças, já sobra...
Haddock