segunda-feira, março 13, 2006

Atestado de incompetência


A contratação e o acesso à carreira docente vai estar dependente da aprovação em "provas nacionais de avaliação de conhecimentos e competências", conforme se lê no Público.
Esta medida, que já devia ter surgido há muito mais tempo como forma de qualificar o corpo docente e distinguir quem, de facto, tem ou não tem competências para ensinar os nossos filhos.
Penso até que, de tempos a tempos, deviam sujeitar-se a estas provas os professores que já estão no sistema. Mas isto requer mais fôlego.
Estas provas, a fazerem-se, são o maior atestado de incompetência que o ME passa às universidades e Institutos que têm formado professores.
É que, afinal, não chegam todos os exames e avaliações feitos pelos estudantes destas instituições que querem seguir a carreira docente. Tem que ser o ME a certificar as competências adquiridas pelos alunos no ensino superior. Algo está a mudar...
Haddock