quarta-feira, março 29, 2006

Sorte, sorte e mais sorte!...


"El Barça deja vivo el Benfica", titula a Marca.
"At times, given the fluidity and ambition of their attacking play, Barcelona gave the impression of being the home team", desabafa o BBCOnline.
O Barcelona teve tudo: mais tempo de posse de bola, mais oportunidades, melhores jogadas, enfim, um domínio absoluto. Mas a sorte parece não abandonar os lampiões: avançados do Barça a falharem de baliza aberta, duas bolas no ferro, Moretto a errar estrondosamente sem ninguém aproveitar, um árbitro que realmente não viu um penalty a favor do Benfica mas também fez vista grossa a incontáveis faltas a favor da equipa da Catalunha.
Com este inesgotável maná de sorte que parece não abandonar o SLB - basta recordar os jogos com o Manchester United e o Liverpool - até são bem capazes de chegar ao intervalo, em Camp Nou, a 0-0...
Uma palavra para Deco, absolutamente genial. Aliás, esta imagem diz tudo.
ADITAMENTO: ver a escolha do benfiquista vilacondense Mário Azevedo para "O melhor jogador do Benfica", no Segundo Andamento.
Dupont