terça-feira, abril 18, 2006

Nojo!

A TVI está a transmitir, em directo, o funeral de Francisco Adam, o jovem actor da série "Morangos com Açucar". Os jornais diários por onde passei os olhos, todos eles chamavam o assunto à capa. Parece que o "Dino", a personagem interpretada pelo actor, era muito querido por um largo estrato da nossa população juvenil, precisamente aquela que acha que a imortalidade é um dado adquirido e que juravam a pés juntos que o "Dino" e o Francisco eram um só. Esta parte até acho bem, porque essa é a altura para andar entretido com essas distracções e acreditar nas maiores parvoíces como se, um dia, elas se fossem efectivamente realizar.
Agora, é perfeitamente abjecto o aproveitamento que a TVI está a fazer do assunto. Alicerçada na emoção dos milhares de adolescentes lusitanos fiéis à série, a emissora não lhes dá conforto, como parece fazer, mas antes abusa do seu imberbe sentimento. Despudoradamente, quer conquistar share e vender mais uns anúncios, colando-se ao evento de uma forma parasitária, sugando as emoções de quem ainda não tem maturidade para as racionalizar. Será esta uma forma legítima de actuar, num mercado de livre concorrência? Talvez. Será que, se fosse uma qualquer actriz ou actor da SIC ou da RTP, também estes canais fariam a mesma coisa? Não duvido, como aconteceu com o funeral de Miklos Feher.
É que a morte sempre foi um grande negócio.
Dupont
PS - Já agora, compare-se com o post imediatamente abaixo.