segunda-feira, abril 24, 2006

Tertúlias, parte II

Há uns tempos, num post perfeitamente corriqueiro a propósito de uma tertúlia realizada aquando da reabertura do ‘Piolho’, no Porto, lançamos uma sugestão: a de que se fizesse idêntica iniciativa, aqui, em Vila do Conde. E com o socialista Abel Maia e o social-democrata Miguel Paiva politicamente “desempregados”, a organização de uma tal iniciativa era algo que os dois poderiam perfeitamente fazer.
Nas suas crónicas periódicas no suplemento de Vila do Conde d’O Primeiro de Janeiro ambos dissertaram sobre o assunto, embora Abel Maia tenha achado que a abordagem de Paiva não teria sido a que ele esperava. Enfim…
Mas, ao lado destes onanismos estéreis, ainda há alguém que mantém, e bem, os neurónios a funcionar. É o caso do six, do Vila do Conde Quasi-Diário que, em vez de ficar a “ver a banda a passar”, apresentou mais dois potenciais candidatos a preencher o espaço de debate de uma tertúlia: Rogério Torres e José Luís Ferraz.
Obviamente, só podemos subscrever esta dupla proposta. São dois vilacondenses de excelente safra, pessoas de indesmentível qualidade humana, cultural e com uma elevada postura na sua vida política. É claro que sendo da área socialista, não estando para entrar no seguidismo cultivado no PS local, e ousando pensar pela própria cabeça, não são bem-vistos pelo apparatchik local…
Dupont